Lobotomias eram procedimentos brutais que faziam com que médicos enfiassem instrumentos de metal nos cérebros dos pacientes e cortando conexões no lobo frontal. Pode soar medieval, mas a muito pouco tempo lobotomias eram feitas regularmente.

O vídeo a seguir é uma demonstração brutal do procedimento de lobotomia que foi usado em cerca de 20.000 pacientes entre 1940 e 1951.

Se você não gosta de ver imagens fortes e perturbadoras, NÃO ASSISTA!

Esse não era só um procedimento padrão para este tipo de tratamento para transtornos mentais, mas também foi anunciada como uma grande inovação na época. O homem que inventou as lobotomias, António Egas Moniz, ainda ganhou um prêmio Nobel.