O mundo se assustou novamente esta semana com o atentado terrorista que ocorreu na França.

Os suspeitos invadiram a sede a redação da revista Charlie Hebdo e mataram 12 pessoas, incluindo dois policiais em Paris.

Mas nem tudo são flores para os terroristas, ainda bem né? FELIZMENTE, muitas das tentativas de terrorismos deram erradas e não aconteceu nada pior.

Conheças as 10 tentativas de atentados terroristas que deram errado:

1 – Em 2009 no Sul do Afeganistão: Um suicida talibã acidentalmente se explodiu quando o seu colete cheio de bombas foi acionado antes da hora. Pra piorar a situação dos suicidas, com a explosão outros seis terroristas morreram. Estes seis foram visitar o suicida para se despedir dele.

2 – Em 1993, Mohammed Salameh ajudou o FBI a encontrar a célula terrorista que realizou um atentado ao WTC. Um dia depois do ataque, Salameh praticamente se entregou às autoridades ao tentar resgatar os US$ 400 que tinha gasto para alugar uma caminhonete utilizada por ele e seus colegas no dia anterior.

Captura de Tela 2015-01-07 às 22.58.32

3 – Em 2009, em um vôo de Amsterdã e Detroit, Umar Farouk Abdulmutallab, um nigeriano de 23 anos, tentou explodia bombas em suas calças. O Jovem colocou um cobertor no rosto e tentou explodir as bombas quando os passageiros ouviram o barulho e viram suas calças pegando fogo. Ele foi preso antes que conseguisse botar fogo nas bombas.

4 – Richard Reid, um britânica que dizia que era da Al-Qaeda, não conseguiu explodir um tênis-bomba durante o vôo entre Paris e Miami. Felizmente, Reid não conseguiu acender o fósforo na primeira vez. Depois, não conseguiu acendar o fusível da bomba, pois seu suor dos pés tinha danificado o explosivo. Veja a fotinho do cidadão:

Captura de Tela 2015-01-07 às 23.06.415 – Em 1995, Ramzi Yousef e Khalid Sheik Mohammed, operadores da Al-Qaeda, falharam em seu plano. Os dois planejavam explodia 12 aviões em rotas da Ásia e Estados Unidos. Não deu certo, pois o material usado por eles para as bombas iniciou um incêndio químico no apartamento deles.

6 – Ahmed Ajaj, em 1992, tentou entrar nos EUA com um passaporte porcamente falsificado. As autoridades impediram a entrada dele e ainda descobriram em sua mala manuais sobre como construir bombas, treinamentos terroristas. (pasmem, as autoridades deixaram o seu colega Ramzi Yousef entrar no país, este participou do ataque terrorista ao World Trade Center em 1993).

7 – Em 2008, um grupo denominado “Frente Revolucionária do Afeganistão” ameaçou explodia uma loja famosa de departamento em Paris se o exército não saísse do Afeganistão. No entanto, eles só esqueceram de pegar o detonador certo para as bombas que tinham instalado.

Captura de Tela 2015-01-07 às 23.15.37

8 – Também em 2008, um britânico convertido as islamismo, Nick Reilly, tentou atacar um restaurante com uma bomba caseira. Não deu certo, pois a bomba estourou em suas mãos quando ele estava indo ao banheiro.

9 – Em 1999, Ahmed Ressam tentava realizar um ato terrorista nos EUA. Não conseguiu, pois entrou em pânico ao ser abordado por autoridades da alfândega ao tentar entrar no país na fronteira do Canadá. Ele saiu correndo tentando fugir do local, mas as autoridades o prenderam e ainda acharam explosivos em seu carro.

10 – Ao tentar explodir um carro-bomba na Times Square, Faisal Shahzad teria escolhido o fertilizante errado e ligado errado as fiações da bomba. Também, não tinha aberto os botijões de gás. Ele deixou um caixa de fogos e duas sacolas de fertilizantes dentro do carro. Foi encontrado em sua casa os mesmos produtos.

Felizmente, nem tudo são flores para os terroristas.