Esse Grande Rio de Pedras é o resultado de uma mistura caótica de pedregulhos enormes que desce a encosta das montanhas Taganay, sul dos Urais, no território do Oblast de Chelyabinsk, na Rússia. O rio é inteiro formado por pedras e tem pouco mais de 6 km de comprimento e em média 200 metros de largura. Os especialistas acreditam que o deslizamento das rochas gigantescas que formam o rio aconteceu durante a última glaciação cerca de 10.000 anos atrás.

Naquele tempo, as geleiras cobriam o topo dos cumes das montanhas Taganay atingindo alturas de até 4.800 metros. Sob o imenso peso do gelo, o topo da montanha foi pulverizado em milhões de grandes pedregulhos. Quando o gelo derreteu, estas rochas deslizaram lentamente colina abaixo criando o que é o hoje O Grande Rio de Pedras. A característica geológica é chamada de “rio” só porque se assemelha a um, não porque realmente flui pedra, é lógico. As rochas que deslizaram se mantém imóveis por milhares de anos.

O rio é ocupado por grandes blocos de quartzito, uma rocha extremamente compacta e dura que consiste de grãos de quartzo, formados por recristalização de arenito; aventurine, outra forma de quartzo contendo compostos de mica ou de ferro que proporcionar um cintilante efeito verde brilhante), pesando até 10 toneladas cada uma. A camada de rochas tem uma profundidade média de 6 metros.

Curiosa e estranhamente, quando alguém se aproxima do O Grande Rio de Pedras, a pessoa pode ouvir o som nítido de água corrente. O som é produzido por pequenos córregos que existem sob as rochas.

O Grande Rio de Pedras não é o único rio de pedras na Terra. Rios semelhantes podem ser encontrados em outras regiões dos montes Urais.

rio_pedras_russia_01 rio_pedras_russia_02 rio_pedras_russia_03 rio_pedras_russia_04 rio_pedras_russia_05 rio_pedras_russia_06 rio_pedras_russia_07 rio_pedras_russia_08 rio_pedras_russia_09

m

m

rio_pedras_russia_11 rio_pedras_russia_12

Loading...