Uma arrepiante sequência que mostra como age a serpente mais venenosa do mundo. A cena mostra com toda crueldade o ritual desta cobra antes de engolir outra de sua espécie. Curiosamente, esta serpente delgada e letal tem como dieta principal outras serpentes, sobretudo as cobra ratoeiras e pítons-reticuladas.

Só para que tenham uma ideia, a Ophiophagus Hannah tem um comprimento médio de 4 metros (e algumas ultrapassam os 5 metros). Como vemos no vídeo, a cobra faz uso de seu veneno, um tanto diferente ao de outras serpentes. O mesmo é composto principalmente de neurotoxinas -conhecidas como haditoxinas-, ainda que também contenha compostos cardiotóxicos. Contrário ao que possa ser pensado, a cobra-real não costuma atacar. De fato, esta espécie não costuma ser particularmente agressiva e tentam escapar e evitar a confrontação.

Quando se alarma, eleva um terço de seu corpo ao estender o pescoço para abrir suas “abas” em sinal de ameaça, mostrando seus caninos. Isto não implica que esteja em situação de desvantagem, de fato, ao levantar seu corpo a serpente pode seguir avançando para atacar a longa distância. Ademais, ela pode realizar múltiplas picadas em apenas um ataque, permitindo que inocule grandes quantidades por mordida.

Por isso ela é capaz de injetar uma grande quantidade de veneno, e ainda que a mortalidade em humanos depois de uma mordedura de serpente pode variar segundo a quantidade de veneno, a morte provocada pela cobra-real pode ocorrer em apenas 30 minutos.

Loading...