Curiosidades

Noruega investe milhões em ‘Cofre Apocalíptico’ devido a ameaça de mudança climática

Cofre Apocalíptico

O Silo Global teve um marco importante, a adição de 70 mil novas variedades, elevando o número total armazenado para mais de um milhão, mas para manter o cofre e protegê-lo dos efeitos da mudança climática, o governo norueguês precisará gastar US$ 13 milhões (R$ 42 milhões) com melhorias.

De acordo com a BBC, agora são 1.059.646 sementes no chamado ‘Cofre Apocalíptico’, que foi inaugurado há dez anos e está localizado na Ilha Svalbard – no meio do caminho entre a ilha principal da Noruega e o Polo Norte. O objetivo do projeto é proteger as sementes do mundo em um caso de mudança climática cataclísmica, mega-secas, guerra nuclear ou qualquer evento que possa induzir o apocalipse.

Apenas uma das três câmaras do cofre está cheia, mas isso não impede o governo norueguês de realizar algumas melhorias. Ainda há mais de um milhão de variedades únicas de sementes que precisam ser armazenadas no local.

Há um ano, uma enchente na entrada do cofre levou a uma reavaliação da capacidade da instalação de suportar os efeitos da mudança climática (felizmente, a enchente não danificou o cofre). Após um estudo de viabilidade encomendado pelo Ministério da Comida e Agricultura, o governo norueguês está oferecendo 100 milhões de NOK (R$ 42 milhões) a uma startup que se disponha a aprimorar a performance e estender a viabilidade do cofre no longo prazo.

Embora esteja localizada no Círculo Ártico, Svalbard deve sofrer um aumento de temperatura até 2100, passando da média de -5,9 graus Celsius para 3,3 graus Celsius, além de um aumento de chuvas de 40%. Ironicamente, o local idealizado para proteger as sementes em caso de mudanças climáticas drásticas está sendo ameaçado pelo fenômeno.

“O princípio fundamental para a construção em áreas de permafrost é evitar o aquecimento e descongelamento do permafrost”, escreve Statsbygg, a empresa de gestão da propriedade estatal que conduziu o estudo de viabilidade. “Para edifícios que são particularmente sensíveis a […] danos, ou onde a longa vida é desejada, o arrefecimento artificial do solo [será necessário]. A mudança climática levará ao aumento das temperaturas do solo, menos permafrost, menor capacidade de carga, [entre outros problemas].”

Para preparar o cofre para os próximos efeitos da mudança climática e para assegurar que ele irá “continuar a oferecer um espaço seguro dos gene do mundo no futuro”, a instalação será equipada com novas unidades de refrigeração, um túnel de acesso de concreto, um edifício de serviço para hospedar energia de emergência e novos equipamentos elétricos. Paredes impermeáveis já foram instaladas para evitar inundações.

Embora Svalbard Seed Vault pareça algo que precisaremos apenas no futuro, ele já demonstrou o seu valor. Há três anos, com a Guerra Civil na Síria, foi solicitado o primeiro resgate de sementes.

Fonte: Governo da NoruegaStatsbyggBBC