Saiba o que acontece se você comer sempre a mesma coisa

Saiba o que acontece se você comer sempre a mesma coisa;

De acordo com Jo Ann Hattner, consultora de nutrição na Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford fez uma pesquisa por comer apenas uma fruta, vegetal ou grão levaria à falência de órgãos.

“Eu não recomendaria esta experiência”, aconselhou Hattner.

Confira depois, um documentário bem legal sobre o futuro da comida;

“Nenhuma verdura ou legume tem todos os nove aminoácidos essenciais que os seres humanos precisam para construir as proteínas que compõem nossos músculos”, explicou Hattner. É por isso que a maioria das culturas humanas, sem saber nada sobre química alimentar, desenvolveram dietas centradas em legumes complementares, que juntos fornecem todos os nove aminoácidos.

Comer somente um tipo de carboidrato por exemplo, pão ou macarrão, também causa falência orgânica devido à deficiência de aminoácidos. Além disso, causaria escorbuto, uma doença provocada pela falta de vitamina C (componente essencial de muitas das reações químicas do corpo).

Graças a experimentos totalmente antiéticos realizados com presos na Grã-Bretanha e nos EUA na década de 1940, sabemos que surge após um a oito meses de privação de vitamina C (dependendo da quantidade que o corpo tem armazenado para começar). No início, os ossos doem; mais tarde, manchas surgem por todo o corpo e se tornam feridas. Além disso, sintomas como icterícia, febre e perda de dentes são comuns, e por fim, morte.

Comer apenas carne também parece um beco sem saída,  como praticar a dieta paleolítica.

Além de falta de vitamina C, a maioria das carnes contém muito pouco carboidrato. “Sem carboidratos, você vai começar a usar parte de sua massa muscular para obter a energia”, disse Hattner. Consequentemente vai emagrecer, mas não de maneira saudável.

No entanto, há um alimento que tem tudo: aquele que mantém os bebês vivos. “O único alimento que fornece todos os nutrientes que os humanos precisam é leite humano”, relatou Hattner. “O leite materno é um alimento completo. Podemos adicionar alguns alimentos sólidos à dieta de um bebê no primeiro ano de vida para fornecer mais ferro e outros nutrientes, mas há um pouco de tudo no leite humano”.

Tecnicamente, os adultos podem sobreviver com leite humano, ela conta. O problema seria encontrar uma mulher que está disposta a fornecê-lo (e em quantidade suficiente, que seria o maior desafio). Sem esta opção, a segunda melhor escolha seria o leite de mamíferos, especialmente se for fermentado. “O iogurte, que é leite fermentado, tem um grande número de bactérias que fazem bem para o trato digestivo”, afirmou Hattner.

Esses cenários hipotéticos não são apenas especulação caprichosa. Em muitas partes do mundo, as pessoas não têm escolha além de ter a dieta baseada em apenas um alimento – muitas vezes, o arroz. Atualmente, cientistas estão desenvolvendo arroz geneticamente modificado que contenha mais vitaminas e nutrientes, especialmente vitamina A, visando combater a desnutrição.

Descobrir como reunir tudo que precisamos em um alimento também é útil para viagens espaciais. A motivação de estudo em alguns campos de estudo ligados a nutrição é responder a pergunta: “Como podemos alimentar as pessoas no espaço?”