Uma curiosidade veio para a comunidade de pesquisadores nessa semana. Foram descobertos artefatos de ouro que revelam o uso de drogas em civilizações antigas.

Um arqueólogo russo, Andrel Beliski com sua equipe descobriram aproximadamente três quilos de tesouro, como vasilhas, copos, anéis, gargantilhas e braceletes datados a cerca de 2.400 anos, pertencentes a um povoado nômade, chamado de Citas que emigrou da Ásia Central ao sul da Rússia e Leste Europeu.

Segundo a revista The National Geographic alguns dos túmulos continham Cannabis e Ópio, que estavam guardados em uma câmara retangular, registrando assim a existência de drogas em rituais antigos dessa população. Os pesquisadores explicam que o povo Citas utilizava das vasilhas para consumir uma mistura contendo Ópio, junto com a Cannabis Sativa.

Toda essa teoria, juntamente com os pertences encontrados fazem ligação as crônicas do historiador Heródoto, que sempre ligou o povo Citas ao cultivo e consumo das drogas.

Fonte: RT
Mais fontes? Aqui.

Confira imagens dos objetos. Povos consumiam drogas há mais de 2.400 anos

drogas_ha_mais_de_2.400_anos_1 drogas_ha_mais_de_2.400_anos_2

Loading...