Essa menina se chama Rahama Haruna e tem 19 anos, ela vive na Nigéria e sofre de uma estranha deficiência que impediu que ela desenvolvesse um corpo. Ela mede penas alguns centímetros e não possui extremidades, exceto pelo seu curto braço direito. Quando ela nasceu, os próprios médicos da região aonde ela mora, indicaram que a doença de Rahama não tinha remédio e nem cura porque ela havia sofrido um ataque de “espíritos do mal”.

Seu irmão de 14 anos a carrega em uma bacia de plástico verde todos os dias por 25 quilômetros, para chegar ao centro de Kano, onde Rahama pede esmolas enquanto os transeuntes se surpreendem e se assustam ao ver alguém em semelhantes condições.

Rahama explica que sua vida não é fácil, que não pode fazer muito por conta própria, que demorou para compreender que era diferente dos outros, mas acabou aceitando sua situação de boa fé.

“Aprendi a crescer sem amigos na vida. Minha família são os únicos amigos que tenho. Levei muito tempo para compreender que nem todas as pessoas são iguais. Não me importo. Considero-me uma afortunada só de estar viva”, indicou a resiliente menina.

Loading...