Todas as culturas têm uma forma de celebrar os mortos. Pode ser funerais, pode ser simplesmente contando histórias, ou pode ser uma grande festa como o Halloween nos EUA. Mas poucos são tão próximos dos mortos como o festival Ma’Nene que ocorre na província de Tana Toraja, Sulawesi na Indonésia, onde as pessoas gastam um bom tempo com seus entes queridos falecidos – literalmente.

Ma’Nene é um festival de culto aos antepassados. Quando uma pessoa morre, seu corpo é mumificado usando ingredientes naturais e enterrados em sepulturas de rocha. Esta preservação permite a família voltar e visitar seus parentes uma vez por ano.

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

O festival, que não tem data definida, mas é normalmente realizada no final de agosto, permite que as pessoas revejam seus entes queridos. Esta mulher está tendo um momento de emoção sobre o caixão de seu falecido marido.

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.brMas é muito alem do que apenas ver os caixões.

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

Os corpos mumificados são removidos de seus caixões e amorosamente cuidados. Isso inclui a limpeza dos corpos, removendo suas roupas velhas e dando-lhes novas.

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

Ver o rosto da morte, não é visto como assustador ou triste, mas sim como uma maneira de se conectar com a morte – e transcendê-la.

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

Esta múmia é especialmente comovente – é um bebê.

A poeira e detritos são removidos do corpo, e, em seguida, os corpos são vestidos. Características pessoais, como os óculos deste homem, são mantidos.

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

 

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

As pessoas respeitam os possíveis perigos de respirar a poeira, por isso muitos usam máscaras.

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

As fotos que você vê aqui foram tiradas pelo fotógrafo Paul Koudounaris, que se especializou em capturar a maneira como diferentes culturas se aproximam, lidam, e comemoram a morte. Este festival pode parecer macabro para as pessoas de outras culturas, mas para as pessoas em Tana Toraja, é uma expressão sincera de um amor que nem mesmo a morte pode conquistar. “Para os moradores, é sinal do amor que ainda compartilham com aqueles que já faleceram, mas ainda estão presentes espiritualmente”, explica ele. “É uma forma de mostrar-lhes o respeito por deixá-los saberem que eles ainda são membros do grupo familiar, e ainda ocupam um lugar importante na sociedade local.”

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

Muitas pessoas acham que olhar algo como isso é assustador, mas para as pessoas em Tana Toraja, estes ainda são os rostos de seus queridos parentes.

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

Matéria copiada ilegalmente do site Momento Curioso - www.momentocurioso.com.br

Ma’Nene pode parecer estranho, talvez até mesmo de mau gosto, para aqueles que estão fora dessa cultura. Mas em uma sociedade que procura chegar o mais longe possível da morte, é refrescante ver pessoas que abraçam e celebram a morte tão facilmente.

 

Loading...