Quatro filhotes de leões brancos, sendo três machos e uma fêmea nasceram em um circo na Alemanha.

Considerado raro o leão branco foi introduzido por conservacionistas no sul africano – hoje em dia é comum encontrar a espécie em zoológicos e circos ao redor do mundo, os poucos conhecidos na natureza africana são considerados um orgulho para a nação que podem ser encontrados na região de Timbavati na África do Sul.

Os filhotes estão saudáveis, o circo (Cirus Krone) está atualmente em turnê pela a Europa e os filhotes ficaram com os pais em sua sede localizada em Munique. Os leões brancos não são considerados albinos pois a mãe (Princesa) tem sete anos e pai (Rei Tonga) com onze e carregam um gene que faz a pele ficar branca.

Os pais não são de primeira viagem, em 2012 eles deram a luz a seis filhotes no mesmo circo e em abril de 2014 Rei de Tonga foi pai de outro filhote com outra leoa branca (Diamond).

Porta-voz do circo, Susanne Matzenau disse à imprensa que os filhotes só podem aparecer em shows quando completarem quatro anos de idade, os filhotes precisam passar cerca de um ano com a mãe e em seguida conviver com outros leões, para que assim possam fazer parte do treinamento adequado.

Martin Lacey Junior é o encarregado dos treinamentos, o britânico domador de leões é conhecido na Europa pelos seus shows e prêmios. Os filhotes serão nomeados nos próximos meses, pois Martin precisa observar cada um para que veja as principais características para que sejam nomeados e ganhem personagens.

Rei Tonga foi dado ao Circo como um presente de um príncipe saudita, e é o orgulho circense onde atrai milhões de pessoas por ano para seu espetáculo “Ele está cumprindo seu dever muito bem”, disse Matzenau.

Confira as fotos da família de leões brancos:

 

Loading...