Animais Ciências TODOS

Macacos Brasileiros evoluíram para a idade da pedra

A humanidade não é mais a única espécie na Terra que  entrou na Idade da Pedra. Tomamos conhecimento disso há algum tempo que vários outros primatas começaram usar ferramentas de pedra, incluindo chimpanzés, macacos-prego, e macacos. Recentemente, um estudo revelou que não havia evidência arqueológica suficiente para provar que os macacos na Tailândia tomaram o conhecimento de ferramentas geológicas durante pelo menos meio século.

Agora, parece que a espécie capuchins fez (ou ainda faz) ferramentas no Brasil, foram datados de ser de pelo menos 700 anos de idade. Isto significa que, assim como o Renascimento estava começando na Itália, os macacos-prego estavam criando pequenos cinzéis e martelos na América do Sul – embora, com toda a probabilidade, eles tinham entrado na idade da pedra muito antes disso.

Como o estudo publicado na revista Current Biology , no campo da arqueologia primata está  relativamente no começo. Michael Haslam, o principal autor da pesquisa e chefe do projeto Primate Arqueology na Universidade de Oxford, é um pioneiro no campo, ele já descobriu evidências de uso de ferramentas de pedra na Tailândia por macacos, mas essa nova descoberta é muito mais que um divisor de águas.

“Até agora, o único registro arqueológico de, uso de ferramentas por animais não humano pré-moderno vem de um estudo de três locais de chimpanzés na Costa do Marfim, na África, onde as ferramentas foram datados de entre 4.300 e 1.300 anos de idade”, disse Haslam em um comunicado . “Aqui, temos nova evidência que sugere macacos e outros primatas da África também estavam usando ferramentas por centenas, possivelmente milhares de anos.”

Capuchinhos brasileiros entraram na Idade da Pedra, pelo menos, 700 anos atrás. University of Oxford.

Fonte: IFLScience