Monge mumificado tem mistério resolvido.

Lembram do monge mumificado que apareceu nas notícias e virou um buzz na internet nas duas últimas semanas? Novos detalhes foram divulgados sobre quem é o Buda, fontes  afirmam que o corpo é de um religioso chamado Tsorzh Sanzhzhav, que morreu há cerca de dois séculos com aproximadamente 70 anos de idade.

Alguns chegaram a afirmar que o Monge mumificado poderia estar vivo, um estado espiritual ”especial” conhecido como tukdam, um longo e profundo estado de meditação., mas isso não aconteceu.

Conheça a história: Tsorzh Sanzhzhav foi um dos grandes budistas, enterrado ao lado de seu professor e encontrado nas montanhas de Sodnomdarzhaa Mountain, distrito de Arkhangai, na Mongólia.

Um acontecimento incrivelmente raro, encontrado apenas 40 vezes nos últimos 50 anos entre os monges tibetanos.

Apesar de algumas histórias sobre ser encontrado em um furto com a intenção de vender ao valor de 100 mil libras esterlinas, o que da em torno de 400 mil reais na cotação de hoje. Levado para o Centro Nacional de Perícia Forense em Ulaanbaatar, o monge recebe visitantes que realizam orações, acreditando ser uma divindade sagrada.

monge_mumificado_

O pesquisador Ganhugiyn Purevbat disse:  “Anteriormente cogitei que Sanzhzhav estivesse em profundo estado de meditação, mas não é assim, Tsorzh Sanzhzhav e seu professor foram enterrados nesta forma’’.

A ideia dos pesquisadores é criar um processo de ”restauração” e devolver Tsorzh no mesmo local encontrado.

O monge mumificado foi encontrado dia 17 de janeiro de 2015 na província Songinokhairkhan de Ulaanbaatar, na Mongólia e tem cerca de 200 anos.

monge_mumificado_2

Fonte: Siberian Times

Loading...