Segundo o biólogo diretor da Estação Biologia Marinha Ruschi, André Ruschi. É possível registrar e prever os danos ambientais que será causado pela lama tóxica, em uma publicação em redes sociais, o biólogo afirma que assim que chegar ao mar, vai atingir uma área de 10 mil quilômetros quadrados, e será como uma sopa tóxica no litoral brasileiro.

Pior ainda, que tres reservas de conservação ambiental serão atingidas, Comboios, Costa das Algas e Santa Cruz, sendo a última mais importante pelo fato de ser um criadouro marinho no Oceano Atlántico equivalendo a 100 hectares de terra. O impacto total será em 20 milões de hectares ou 200 mil km2 de florestas primárias.

André ainda confirma que levarão décadas para que todo o local atingido volte ao normal, justamente pelo fato de que os minerais tóxicos aparecerão concentrados na cadeia alimentar por até 100 anos.

Informações completas no Folha Vitória

Confira imagens e vídeos do caso da onda de lama;

lama_1

lama_3

lama_2

Loading...