Hoje em dia podemos dizer que são poucas as pessoas verdadeiramente inteligentes – pois em grande parte existem pessoas capazes de acumular uma gama de conhecimentos de pouca aplicação prática, o que de fato não torna alguém inteligente.

Segundo os dicionários populares inteligência é “a ciência ou capacidade de ligar internamente o que é captado.”, ou seja, de levar à prática o que é aprendido ao longo da vida com o fim de torná-la mais simples.

5 – Usam a razão com mais frequência

Pessoas inteligentes pensam mais antes de falar e agir, porém muitas vezes elas não conseguem expressar emocionalmente o que desejam. Na maioria das vezes elas podem mais usar da linguagem para isso do que atos, gestos, etc., por pensar mais objetivamente.

Com isso os outros podem encará-la como “o durão” ou alguém inabalável, não contendo críticas ou atos para ver se a pessoa ficará magoada e irá demonstrar isso.

4 – Decepcionam as pessoas por elas sempre esperarem o melhor de você

Quando as pessoas inteligentes falham, parece que a decepção do ‘publico’ é cem vezes maior do que um erro de qualquer outra pessoa de inteligência mediana.

As expectativas são altas para o inteligente, de modo que muitas pessoas não se lembram que eles também são seres humanos e podem errar.

3 – Eles não captam indiretas

Por pensarem objetivamente, pessoas inteligentes não captam as sutilezas de indiretas ou ações elaboradas com duplo sentido.

Como já mencionado sobre o uso da razão, elas procuram expressar em palavras o seu interesse e fazer-se entender por meio delas.

As pessoas inteligentes lidam com uma vontade indomável de esclarecer tudo por meio da conversa, por não entenderem as mensagens imprecisas e demandarem esclarecimento.

2 – As pessoas pensam que você está competindo com elas

Na escola, quando um aluno inteligente entrega primeiro sua atividade, é comum que outros aleguem que ele quer chamar a atenção do professor. No trabalho, caso a inteligência do profissional se destaque, outros um pouco mais preguiçosos podem alegar que é para chamar a atenção do chefe. Se uma pessoa inteligente bola uma estratégia de investimento e consegue ganhar mais dinheiro, é comum que outros aleguem que ela queira se exibir, etc.

A grande realidade não é nada disso: para uma pessoa inteligente é comum fazer as coisas com eficiência e estudar a melhor forma de fazê-las. Elas pouco se importam com competições e buscam superar seus próprios limites ao invés de ficarem de olho no limite dos outros.

1 – Elas são escaladas para quaisquer atividades

Pessoas inteligentes são constantemente desafiadas a fazerem coisas inimagináveis, como por exemplo trabalhos manuais ou outros que demandem outros tipos de inteligência, como por exemplo inteligência emocional, espacial, sinestésica, entre outras, as quais elas podem se sair muito mal e serem cobradas, como mencionado do item 4.

Apesar desses problemas, precisamos muito das pessoas inteligentes, pois foi através delas que o progresso de nossa humanidade foi alcançado.

Portanto leitores do Mistérios do Mundo: jamais deixem de ser inteligentes e aceitem-se da forma que são!

[BBC]

Loading...