Você como eu deve ser uma pessoa que adora músicas tristes, não é? Um estudo feito no Japão mostrou que músicas tristes ao contrário do que muitos pensam ajuda a criar emoções positivas, melhorando o nosso humor, ou seja, músicas tristes trazem uma enorme sensação de agrado e felicidade.
post1
Ai Kawakami, que conduz os estudos, juntamente com seus colegas da Universidade de Artes de Tóquio e do Instituto de Ciências do Cérebro RIKEN juntaram 44 voluntários, nos quais alguns eram músicos e outros não-músicos, eles então foram colocados para ouvir uma peça teatral com músicas tristes e felizes. Após isso foi dado algumas listas de palavras-chaves para avaliar o que eles acharam das músicas.

Após analisar os resultados foi mostrado que os ouvintes tiveram reações opostas ao da música, ou seja, as músicas tristes provocaram sentimentos de felicidade e alegria, contrários aos resultados obtidos com as músicas alegres.

post2
“Em geral, músicas tristes induzem tristeza nos ouvintes, e essa é vista como uma emoção desagradável. Mas se músicas tristes evocassem só sentimentos ruins, nós não iríamos escutá-las”, escreveram os pesquisadores no estudo publicado em Frontiers in Psychology.

“Músicas que são percebidas como tristes na verdade induzem a uma emoção romântica tanto quanto a uma emoção triste. E pessoas, independentemente de seu ouvido ser treinado ou não para a música, apresentaram essas sensações ambivalentes”, adicionaram os pesquisadores.

Loading...