TODOS

Invenções dos povos egípcios que continuam até hoje

Great Sphinx of Giza (foreground) Pyramid of Menkaure (background). Cairo, Egypt, North Africa.

Se existe um povo que marcou bem a história nesse planeta, foram os egípcios. O desenvolvimento dessa civilização há mais de 5 mil anos deixam registro até hoje no seu cotidiano, e talvez você nem saiba que está utilizando até os dias de hoje (logicamente que aprimorados) objetos que foram desenvolvidos por eles. E nós do site Momento Curioso listamos alguns dos itens, caso você saiba de alguma coisa a mais, deixe no comentário.

Invenções dos povos egípcios que continuam até hoje

Pavimentos para caminho: Podemos falar que foram as estradas? Praticamente sim. Pois originalmente, eram feitas de arenito, pedaços de pedra calcária e troncos de madeira petrificados. Os egípcios criaram as estradas a partir da necessidade de transportar materiais pesados para a construção de pirâmides e templos.

Papel: Sim, o famoso papiro, ou a planta papiro. Os egípcios fabricaram suportes flexíveis para a escrita, assim pode-se dizer que é o antigo papel.

Preservativos: Naquela época não eram como é hoje, óbvio! A tecnologia dos últimos 50 anos fez com que os preservativos evoluíssem muito, porém, naquela época os egípcios usavam tripas ou pele de animais. O design era muito parecido, embora se acredite que eles eram utilizados em rituais mágicos e não como métodos anticoncepcionais.

Ortopedia: Registros indicam que a primeira prótese conhecida para curar fraturas foi encontrada no Egito e data de 2.400 a.C. Trata-se de uma tala utilizada para imobilizar ossos quebrados. O que com o tempo foi passado de gerações para gerações, até os dias de hoje.

Cosmética: Esse povo costumava a dar muita importância à imagem pessoal. Devemos a eles o uso de objetos como o delineador de olhos, a escova de dente e as ceras de depilação.

Calendário solar: Os egípcios tinham uma ligação peculiar com as estrelas e o céu, seus conhecimentos de astronomia lhes permitiram criar um método muito preciso de medição do tempo. Parecido com o nosso atual, o calendário egípcio dividia o ano em 12 meses de 30 dias, com 5 dias extras no final, utilizado pela primeira vez há cerca de 6000 anos.

povos-egipcios-1

povos-egipcios-3