image

Na verdade, a galinha consegue sim voar, porém seus voos são rasantes e curtos, chegando a atingir cerca de 10 metros. Durante a evolução da espécie, a galinha foi domesticada e perdeu a necessidade de voar para fugir de predadores; ficar no solo era seguro para essa ave.

image

Assim, ela também não tem muito desenvolvidos os ossos pneumáticos, os sacos aéreos e a musculatura peitoral e das asas, que auxiliam nos voos das aves migratórias, por exemplo.

Fonte: Guia do Curioso

Loading...