Os pesquisadores descobriram o que as muitas pessoas que tem sonhos lúcidos têm em comum.

Você já se imaginou podendo ter o controle de tudo no mundo, podendo voar ou fazer qualquer coisa. É, num sonho tudo é possível, e no sonho lúcido você tem este controle.

Se você pesquisar no Google sobre sonho lúcido, verá diversos sites dispostos a te ensinar como faz para você “treinar” seu cérebro para isto.

Veja um exemplo destes conteúdos:

O que é o sonho lúcido?

Segundo o Wikipedia, é um determinado estado ou condição enquanto sonhamos, resultando em uma experiência da qual temos uma recordação muito clara (“lúcida”) e nítida, normalmente aparentando termos tido controle e capacidade direta sobre nossas ações e, algumas vezes, o próprio desenrolar do conteúdo do sonho.

A descoberta dos cientistas

Cientistas da Alemanha acreditam que podem ter encontrado a chave para a capacidade neurológica do sonho lúcido. Depois de escanear o cérebro de sonhadores regulares e aqueles que são freqüentemente lúcido, eles descobriram que a região do cérebro que permite a auto-reflexão é maior entre os sonhadores lúcidos.

“Nossos resultados indicam que a auto-reflexão na vida cotidiana é mais pronunciada em pessoas que podem facilmente controlar os seus sonhos”, disse Elisa Filevich, uma pesquisadora do Instituto Max Planck, que foi um dos os líderes da pesquisa.

Embora a pesquisa mostrou que as pessoas que têm sonhos lúcidos parecem ter consciência mais acentuada de seus próprios processos de pensamento, conhecida como a metacognição, este é um dos primeiros estudos a explorar a relação entre os dois em um nível neural.

O método da pesquisa.

Para realizar a pesquisa, a equipe pediu a alguns voluntários para preencherem um questionário sobre a sua capacidade de ter sonhos lúcidos, e depois os dividiram em dois grupos, dependendo se eles foram nunca, raramente e altamente lúcido durante os sonhos.

Depois, realizaram exames de Ressonância Magnética nos dois grupos diferentes para comparar o volume de diferentes regiões do cérebro.

O que eles descobriram foi que os participantes que eram altamente lúcido durante os sonhos tinham maiores córtices pré-frontal anterior, que é a região do cérebro que controla processos cognitivos conscientes e desempenha um papel importante na nossa capacidade de auto refletir.

85657_web_fb_1024

A equipe também fez varreduras enquanto os participantes estavam acordados e resolvendo testes de auto-sensibilização. Os exames revelaram que os que tem sonhos lúcidos também tinham mais atividade cerebral acontecendo em seu córtex pré-frontal do que sonhadores regulares.

Isto sugere que a mesma região do cérebro está ligada a ambas as capacidades. Sua pesquisa foi agora publicado no The Journal of Neuroscience.

“Nossos resultados indicam que a auto-reflexão na vida cotidiana é mais evidente em pessoas que podem facilmente controlar os seus sonhos”, disse Filevich na liberação.

Os pesquisadores agora estão ansiosos para descobrir se essas habilidades de ter sonhos lúcidos podem ser ensinadas. O próximo estudo tentará ensinar voluntários a ter sonhos lúcidos, e depois ver se a sua auto-reflexão também melhora como resultado.