Ciências Curiosidades TODOS

Templo das 13 torres, o observatório solar mais antigo da América

Templo das 13 torres, o observatório solar mais antigo da América. Misteriosa obra de engenharia foi erguida por uma civilização ainda desconhecida.

Também conhecido como Chankillo, esse templo é considerado o observatório solar mais antigo da América. Ele foi erguido sobre uma colina costeira em Casma, na região de Ancash, no Peru, a 365 km ao norte da capital. Segundo os especialistas, tinha a função de prever com enorme precisão os solstícios, equinócios e toda uma série de datas no calendário, com base na posição do Sol.

O observatório possui 13 torres, de 2 a 6 metros de altura, estrategicamente alinhadas de norte a sul no topo de uma montanha. Em 21 de dezembro, ou seja, durante o solstício de verão no hemisfério sul, o Sol nasce a partir da primeira torre da extrema direita.

Ao longo do ano, o nascer do Sol vai se deslocando por entre as torres, da direita à esquerda, um trajeto que permite calcular a data do calendário de acordo com a posição solar. Em 21 de junho, quando ocorre o solstício de inverno, o Sol nasce a partir da última torre, da extrema esquerda, de onde começa a se mover da esquerda para a direita, conforme o transcorrer dos dias.

O templo das 13 torres foi erguido por uma civilização até hoje desconhecida e acredita-se que teria sido concluído em aproximadamente 25 anos de trabalho. Especula-se que essa cultura tenha habitado a região até o ano de 200 a. C. e que não teve nada a ver com os pré-incas. Eles teriam abandonado o local após a invasão de uma aldeia inimiga, que destruiu e enterrou grande parte do complexo.

FONTE