Curiosidades TODOS

Uma garotinha que nasceu sem mãos ganha concurso de caligrafia nos EUA

Uma garotinha de 7 anos, nasceu sem mãos, mas a pequena Anaya Ellick dominou a arte de escrever, segurando o lápis entre as extremidades de seus braços. Ao invés de utilizar próteses, a garotinha escolheu praticar usando apenas os seus próprios braços e ficou tão boa nisso, que este ano ela ganhou o Prêmio Especial Nicholas Maxim de Excelência em Caligrafia Manuscrita pela letra bonita.

garotinha-concurso-caligrafia-1

Os pais dela, Bianca e Gary, ficaram naturalmente chocados e preocupados quando descobriram que ela não tinha mãos. Mas Anaya provou ser uma criança precoce, aprendendo desde cedo a amarrar os sapatos, vestir-se, e tentar fazer outras coisas por si mesma antes de pedir ajuda. Sua natureza ambiciosa também foi mencionada pela diretora de sua escola, Tracy Cox.

garotinha-concurso-caligrafia-2

– “Não há praticamente nada que esta menina não possa fazer. Ela é determinada. Ela é independente. Ela é muito vivaz e não é do tipo que se deixa abater muito fácil.”

garotinha-concurso-caligrafia-3

Foi Tracy, a sua diretora, quem inscreveu Anaya no concurso nacional de escrita que visa promover letras legíveis em um mundo cada vez mais digital. Anaya competiu contra 50 outras crianças e conseguiu ganhar o primeiro lugar, um prêmio de US $ 1.000 e o respeito de milhões em todo o mundo.

garotinha-concurso-caligrafia-4

– “Olhamos para sua escrita e estávamos chocado ao ver como era sua caligrafia, considerando que ela escreve, sem mãos”, disse a responsável pela competição Kathleen Wright. – “Sua redação foi comparável a alguém que tem mãos.”

Não será necessário dizer que seus pais estão muito orgulhosos, mas para Anaya, isto é apenas o começo. Seu pai diz que ela quer fazer todas essas coisas, como jogar futebol, fazer karatê e ginástica, e se ela conseguiu ganhar o primeiro prêmio em um concurso de caligrafia apesar de não ter mãos, é claro que ela pode fazer qualquer coisa que disser que pode.