Se ainda existia alguma dúvida, o que podemos ver nas imagens do vídeo abaixo, é que isso não é ficção, tudo é muito real. Trata-se dos testes realizados pela Boeing com o primeiro vôo em conjunto entre o 737 MAX 9 e o 787-10 Dreamliner. A decolagem em vertical destas “bestas” é simplesmente espetacular. Para ser mais preciso e como assevera a própria Boeing, se trata de uma decolagem “quase” vertical (quase 90 graus), principalmente porque estamos ante um avião, não um foguete.

O primeiro deles, o modelo 737 Max 9, faz parte do programa que iniciado faz vários anos. O avião tem uma capacidade máxima de 220 passageiros e um alcance de 6.510 quilômetros. Ademais, está previsto que o primeiro avião entre em serviço em 2018.

O segundo modelo, o 787-10 Dreamliner, é o primeiro avião comercial que fabricado 50% com materiais compostos, mais resistentes e leves que o alumínio (para a fuselagem, a cauda e as asas). Seja como for, o mais impressionante é ver decolar às máquinas. Em apenas alguns segundos os pilotos foram capazes de situar as naves a quase 90 graus. Todo um alarde de capacidades e avanços com respeito a máquinas anteriores. Uma autêntico gozo para a vista. Outra coisa muito diferente deve ser viver isso lá dentro.

Loading...