Ciências Curiosidades TODOS

China libera centenas de imagens de Yutu, o robô que explorou a Lua

Em 14 de dezembro de 2013, o Yutu, um módulo lunar Chinês, também conhecido como “Jade Rabbit” chegou na superfície da Lua, o primeiro pouso desde a missão Luna, da União Soviética em 19 de Agosto de 1976. Depois de um início de missão bem animadora, Yutu teve dificuldades após o 14º do dia lunar, pois cada dia e noite lunares duram cerca de 14 dias terrestres, e como a noite lunar é extremamente fria o explorador parou de receber os comandos após a segunda noite, apesar de tudo, continua transmitindo dados até o momento.Yutu_10

A China também teve seu o momento na exploração, e então resolveu lançar centenas de imagens em alta resolução, revelando uma vista deslumbrante da superfície lunar.

Todas as imagens estão disponíveis no site da Administração Nacional Espacial da China (CNSA). O site tem uma péssima navegação, e a escrita não ajuda nenhum pouco. Algumas das imagens mais fascinante revelam o terreno acidentado, cinza, da superfície lunar.

Algumas imagens diferentes mostram curto caminho que Yutu realizou na superfície, deixando trilhas por onde passou. Outras mostram algumas formações rochosas semelhantes à Terra.Yutu2

Entre as descobertas feitas pelo Yutu, foi de um novo tipo de rocha lunar com uma baixa quantidade de óxido de silício, uma quantidade elevada de óxido de ferro, com um valor mediano de dióxido de titânio, algo que não tinha sido encontrado na Lua antes. Isto sugeriu a possibilidade de grandes impactos durante a formação lunar, e que algumas dessas rochas, um dia, tenham sido pertencido a Terra.

A China eventualmente está trabalhando no projeto Chang’e-5, em 2017, que vai tentar pousar na Lua e retornar amostras do solo e de rochas para a Terra.

Confira mais fotos registradas por Yutu
Yutu2 Yutu_10 Yutu_9 Yutu_8 Yutu_7 Yutu_6 Yutu_5

Yutu4 Yutu_3 Yutu_1

Fonte

Tags